Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Assego pública nota de repúdio contra declaração de Paulo Brond

A Associação dos Sargento e Subtenentes do Estado de Goiás (ASSEGO), na pessoa do Presidente, ST Sérgio, vem a público expressar sua profunda indignação diante das recentes declarações proferidas pelo Sr. Paulo Brondi, membro do Ministério Público Goiano, as quais caracterizamos como desrespeitosas em relação às forças policiais militares.

É inadmissível que um representante do Ministério Público, instituição que deveria zelar pela justiça e respeito aos direitos dos cidadãos, se manifeste de forma tão afrontosa em relação aos milhares de militares goianos e suas famílias, que dedicam suas vidas à proteção e segurança da sociedade. Entretanto, entendemos ser de opinião isolada, uma vez que o Ministério Publico não comunga da mesma.

Repudiamos veementemente tais declarações, que não apenas ferem a dignidade dos nossos irmãos de farda, mas também desconsideram o importante papel desempenhado por eles no Estado de Goiás.

A atuação das forças militares goianas é amplamente reconhecida pela sua dedicação e comprometimento com a segurança pública. Diante disso, exigimos o direito de resposta e estamos tomando as medidas legais cabíveis para responsabilizar o Sr. Paulo Brondi por suas declarações irresponsáveis e ofensivas.

Ressaltamos que não toleraremos qualquer forma de desrespeito ou discriminação contra as forças militares do nosso Estado. Reafirmamos nosso apoio e solidariedade aos nossos irmãos de farda e suas famílias, e continuaremos a defender incansavelmente a honra e o trabalho desses profissionais que arriscam suas vidas diariamente para garantir a segurança e o bem-estar da população goiana.