Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Caiado defende investimento em tecnologia para o campo

Caiado em visita à Agrishow: incorporação de novas tecnologias é fundamental para competitividade e produtividade do agronegócio (Foto: Hegon Corrêa)

O governador Ronaldo Caiado, acompanhado da coordenadora do Goiás Social, primeira-dama Gracinha Caiado, marcou presença na 29ª edição da Agrishow, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, na manhã desta segunda-feira (29/4). A feira é considerada o principal evento dedicado à tecnologia agrícola na América Latina.

“A produção rural é um pilar importante da economia goiana. Precisamos buscar cada vez mais tecnologia e inovação para o setor”, afirmou.

TECNOLOGIA PARA O CAMPO

Para o governador, a modernização é fundamental para manter a competitividade e avançar na produtividade do agronegócio. Ele citou a goiana Tecnoshow, que este ano chegou à sua 22ª edição, sempre realizada em Rio Verde, como exemplo de iniciativa do gênero para difusão de tecnologia e inovação.

“Hoje é a terceira maior feira do país, disputando aí o segundo lugar e cada vez mais forte, cada vez mais representativa de um estado que tem um potencial enorme”, destacou.

REFERÊNCIA

A Agrishow reúne mais de 800 marcas nacionais e internacionais, incluindo 100 expositores estreantes, que apresentam as mais recentes tecnologias voltadas para o agronegócio disponíveis no mercado. Com alcance mundial, o evento recebe também grupos empresariais da Alemanha, Espanha, Colômbia, Itália, China, Holanda e Hong Kong. A programação da feira segue até a próxima sexta-feira (03/5).

Em 2023, a Agrishow registrou R$ 13,29 bilhões em negócios. A expectativa dos organizadores é de que o valor seja superado este ano, quando o evento deve receber mais de 195 mil visitantes. A feira é uma iniciativa das principais entidades do agronegócio no país: Associação Brasileira do Agronegócio (Abag), Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda), Federação da Agricultura e da Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp) e Sociedade Rural Brasileira (SRB).

“O Brasil sofreu, nesses 30 anos, gigantescas mudanças; umas boas, outras nem tanto. Mas a nossa agricultura não errou em nenhum momento, só pisou no acelerador”, afirmou o prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, que seguiu.

“Entregou mais produtividade, qualidade, tecnologia, eficiência e ampliou as oportunidades para todos os mercados indistintamente pelo tamanho da agricultura. Seja empresarial, seja uma agricultura familiar ou de menor porte”.