Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Repórter encerra entrada ao vivo após voluntários gritarem ‘Globo lixo’

"A gente vai organizar aqui melhor e daqui a pouco a gente volta a conversar com o pessoal que está um pouco incomodado com a situação", disse o jornalista.

O repórter Eduardo Paganella da RBS, filiada da Globo no Rio Grande do Sul, decidiu encerrar uma entrada ao vivo neste sábado (11/5), em Canoas, quando voluntários começaram a gritar “Globo lixo!”.

Eduardo conversava com um organizador de um local em que animais vitimados pela tragédia eram atendidos quando alguns voluntários puxaram gritos contrários a rede de televisão.

Pouco depois, ele encerrou a passagem ao vivo e disse que depois voltaria para conversar com as pessoas. As imagens passaram a serem divulgadas por políticos de extrema-direita nas redes sociais.

Ele nem sequer conseguiu concluir uma entrevista com um voluntário que explicava como funcionava um abrigo para animais naquela região.

“A gente vai organizar aqui melhor e daqui a pouco a gente volta a conversar com o pessoal que está um pouco incomodado com a situação”, disse o jornalista antes de a imagem ser cortada para os estúdios do “Jornal do Almoço, da RBS”, afiliada da Globo no Sul.